top of page
Buscar

As manifestações no campus americanos é alimentada pelo dinheiro do Oriente Médio?

Por: Bari Weiss


De acordo com um novo relatório, pelo menos 200 faculdades e universidades americanas retiveram ilegalmente informações sobre aproximadamente 13 mil milhões de dólares em contribuições não reveladas de regimes estrangeiros.


Desde o massacre do Hamas em 7 de Outubro, tem sido difícil ignorar a explosão de ódio antissemita que tomou conta dos campi universitários em todo o país. Em Cornell, um estudante fez um apelo “para seguir [os judeus] até sua casa e cortai-o a garganta”, e um professor disse que o ataque terrorista o “energizou” e “estimulou”. Em Harvard, uma multidão de estudantes sitiou um estudante israelita, cercando-o enquanto gritavam “vergonha, vergonha, vergonha”. Em dezenas de outros campi, estudantes reuniram-se para celebrar o Hamas.

A resposta das administrações escolares tem sido alarmante. Com poucas exceções, logo após o dia 7 de Outubro, os reitores das universidades emitiram declarações equívocas sobre o ataque inicial. Alguns professores até comemoraram. E o foco por parte dos burocratas da administração tem sido proteger os estudantes que derrubam cartazes e ficam envergonhados por fazê-lo.

Quer ler mais?

Inscreva-se em conteudojudaico.com para continuar lendo esse post exclusivo.

Commentaires

Les commentaires n'ont pas pu être chargés.
Il semble qu'un problème technique est survenu. Veuillez essayer de vous reconnecter ou d'actualiser la page.
Kadimah-assine.png
bottom of page