top of page
Buscar

“Estamos aqui para mostrar a nossa voz”, diz a participante por Israel à Eurovision

Por: Brigit Grant



Desafiando os apelos ao boicote, Eden Golan está pronta para subir ao palco pelo seu país.


Radiante, linda e indubitavelmente confiante, desde o momento em que diz “olá, prazer em conhecê-lo”, fica claro que Eden Golan está pronta para representar seu país na Eurovision. E por que ela não deveria estar? É apenas um concurso de música, e ridículo para aqueles que o descartam como tal, enquanto se esquecem de que está entre os eventos não desportivos mais assistidos do mundo todos os anos, com centenas de milhões de espectadores em todo o mundo.


A participação no concurso proporciona aos artistas um impulso na carreira e, em alguns casos, um sucesso internacional duradouro.


É claro que poucos alcançam o boom instantâneo de Benny, Björn, Agnetha e Anni-Frid ou sustentam essa posição, construindo uma fortuna com sucesso após sucesso brilhante. Mas a Eurovision é a plataforma que abre a porta. Uma porta que muitos querem que se feche a Israel.

Quer ler mais?

Inscreva-se em conteudojudaico.com para continuar lendo esse post exclusivo.

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
Kadimah-assine.png
bottom of page