top of page
Buscar

O antissemitismo não é uma questão judaica

Por: Diana Wang


Estou cansada de falar sobre antissemitismo. Cheia. Exausta.


Por que tenho que explicar o antissemitismo? Por que preciso encontrar uma maneira de erradicá-lo? Por quê? Porque sou judeu? Por que nós, judeus, assumimos a tarefa de inventar módulos pedagógicos, de gerir o milagre da dissolução do preconceito, de esclarecer, de informar, de explicar? Porque nós? Estou cansada de carregar esse peso.


Quando perguntaram a Jack Fuchs, um sobrevivente, o porquê da Shoah, ele disse: “Por que você está me perguntando? Pergunte aos nazistas!”.



Por que deveríamos nós, judeus, explicar o antissemitismo? Não o criamos, fomos – somos – suas vítimas. Podemos dar seminários inteiros sobre as várias formas como fomos atacados ao longo dos séculos, mas será que isso nos dá autoridade para explicar isso? A mulher agredida é solicitada a explicar a personalidade do agressor? Alguém que foi estuprado é solicitado a explicar a patologia de seu estuprador? A vítima de algum crime é solicitada a explicar a criminalidade do infrator?

Quer ler mais?

Inscreva-se em conteudojudaico.com para continuar lendo esse post exclusivo.

4 visualizações0 comentário

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
Kadimah-assine.png
bottom of page