top of page
Buscar

O retorno das Leis de Nuremberg



Por Alberto Zacharias Toron e Fabio Tofic Simantob


O que parecia ser coisa do passado, ressurge agora com a deplorável fala de Jose Genoino ao propor o boicote a empresas de judeus; sim, ele usou a expressão “empresas de judeus”. Depois tentou corrigir para dizer empresas ligadas ao governo de Israel. Mas o estrago já estava feito.


O ex-presidente do Partido dos Trabalhadores, José Genoino, sugeriu um boicote a empresas comandadas por judeus ou vinculadas ao estado de Israel. A fala ocorreu no sábado, dia 20, durante uma transmissão do Diário do Centro do Mundo (DCM) e foi noticiada pelo Estadão (22/1/24, p. A9). “Essa ideia de rejeição, essa ideia do boicote por motivos políticos, que fere o interesse econômico, é uma forma interessante. Inclusive ter esse boicote a determinadas empresas de judeus”.


Quer ler mais?

Inscreva-se em conteudojudaico.com para continuar lendo esse post exclusivo.

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page