top of page
Buscar

Por que a mídia ignora o antissemitismo?

Por: Cristine Rosen

Em Abril, em Teaneck, Nova Jersey, à porta de uma das maiores sinagogas da cidade, aproximadamente 100 manifestantes “pró-palestinos”, muitos dos quais tinham sido transportados de autocarro para a ocasião, tentaram perturbar um evento em homenagem aos voluntários da ZAKA.


A ZAKA é uma organização humanitária israelense de busca e resgate que garante o enterro adequado dos judeus, incluindo as vítimas de ataques terroristas. Vários voluntários viajaram para Teaneck para partilhar os seus relatos em primeira mão do que viram em Israel após os ataques bárbaros do Hamas em 7 de Outubro.


Do lado de fora, uma multidão enfurecida agitava cartazes acusando falsamente Israel de genocídio e, como mostraram as imagens da FreedomNews.tv, gritava: “Allahu Akbar!” e “Revolução da Intifada!” Em contraste, uma grande multidão pró-Israel que se reuniu para evitar que os manifestantes perturbassem o evento tocou música israelita e cantou “The Star-Spangled Banner”. Um mês antes, quase 800 manifestantes tentaram perturbar outro evento na sinagoga em Teaneck, apelando novamente à intifada, lançando insultos antissemitas e, cuspindo e ameaçando fisicamente os judeus que tentavam chegar à sinagoga. Várias agências de aplicação da lei tiveram de responder para reprimir a multidão “pró-palestina”.

Quer ler mais?

Inscreva-se em conteudojudaico.com para continuar lendo esse post exclusivo.

Kommentare

Kommentare konnten nicht geladen werden
Es gab ein technisches Problem. Verbinde dich erneut oder aktualisiere die Seite.
Kadimah-assine.png
bottom of page